quinta-feira, 10 de julho de 2014

O anti Clímax!

Após o jogo da outra meia final, as expectativas para este, eram enorme! E o jogo correspondeu inteiramente. Foi um jogo muitíssimo intenso, táctico, rigoroso. As duas equipas e entrarem em jogo, sabendo como anular as principais valências contrárias e executando o plano delineado na perfeição. Dai ter saído um jogo tão rigoroso, mas muito pouco espectacular....em nada parecido com o que tínhamos assistido na outra meia final.
A Argentina assegurou presença na final do Brasil 2014, depois de derrotar a Holanda nas grandes penalidades. Romero foi o herói da Albiceleste e ofereceu a 5ª final ao país de Maradona. Durante os 120 minutos, assistiu-se a uma partida bastante táctica, sem muitos rasgos dos artistas e com ligeira superioridade da Argentina. A Holanda perde assim nova oportunidade de chegar à final, sendo certo que a geração de Robben não vai fazer melhor que as gerações de Cruijff, Van Basten ou Bergkamp (nem com Van Gaal a Holanda conseguiu vencer um Mundial). Kuyt (muito bom tacticamente) e Vlaar (limpou tudo) estiveram em destaque na Laranja Mecânica, enquanto Mascherano encheu o campo do lado argentino (homem do jogo, a par de Romero). Messi fez um jogo pobre, mas está mais perto do sonho, numa Argentina muito forte a defender e com qualidade táctica (ainda não sofreram golos na fase a eliminar e concederam poucas oportunidades para tal). No domingo, teremos um Alemanha-Argentina, pela 3ª vez na história das finais do Campeonato do Mundo.

Texto de Manuel Marques Guedes

Sem comentários:

Share Button