Etiquetas

domingo, 13 de julho de 2014

Deutschland Uber Alles



A Alemanha venceu a Argentina por 1-0 após o prolongamento e conquista assim o seu quarto título mundial. O jogo disputado no mítico Maracanã foi bem disputado apesar das naturais preocupações defensivas com que as duas selecções abordaram o jogo. No entanto, a Argentina criou as melhores ocasiões durante os 90 minutos, sendo que os alemães demonstraram maior ascendente no tempo extra. Na alviceleste Leonel Messi tentou oferecer linhas de passe para Gonzalo Higuain, mas este inexplicavelmente falhou duas situações à frente da baliza. 

Os comandados de Joachim Low não conseguiram impor o seu jogo pelo facto de Alejandro Sabella ter colocado três médios a lutar contra o meio campo da Mannschaft. Enzo Perez, Mascherano e Biglia deixaram Schweinstiger, Kramer e Toni Kroos em dificuldades, mas também proporcionaram a Messi, Lavezzi e a Higuaín linhas de passe para criarem oportunidades junto da baliza de Neuer. O problema é que a defesa da Alemanha esteve intransponível, pese embora ter passado por alguns momentos de dificuldade. Viu-se pouco de Muller, Ozil e Klose por causa da boa organização defensiva montada por Sabella.

O problema é que no prolongamento as unidades do meio-campo alemão libertaram-se e chegaram mais perto da área argentina proporcionando a Mario Gotze marcar o único golo do jogo e ser o herói da final. Não, Maradona não renasce duas vezes!

Desta forma quebra-se assim a regra da continentalidade que tinha como tradição o facto de nenhuma selecção europeia ter ganho um campeonato do mundo em solo sul-americano.

Sem comentários:

Share Button