Etiquetas

sábado, 21 de junho de 2014

Um jogo tipicamente americano

Pese embora estarmos perante das duas equipas mais fracas do Grupo E, Equador e Honduras proporcionaram um excelente espectáculo com os sul-americanos a vencerem por 2-1 com dois golos de Enner Valência.

Nota-se neste mundial que as equipas não têm tido grandes preocupações defensivas. É um facto que as selecções sul-americanas estão a correr mais riscos ofensivos e por isso é que têm sido mais felizes. Veja-se o caso do Itália-Costa Rica. Quem jogava a passo eram os europeus e não os costa-riquenhos que tinham todos os motivos para fechar os caminhos da baliza.

Este mundial está a proporcionar às equipas americanas uma visibilidade que lhes pode abrir portas na Europa. O atrevimento que são consubstanciados em remates de longe, jogadas inventadas têm sido premiadas. Ainda bem porque o futebol vive de golos.

Com o resultado de ontem, tanto Honduras como Equador ainda podem sonhar com o apuramento, mas mesmo que vão para casa já na próxima semana deixam uma imagem muito positiva. Ao contrário do que acontece com algumas selecções europeias como a Grécia e a Inglaterra.

Sem comentários:

Share Button