quarta-feira, 18 de junho de 2014

Foi 0-0 mas justificaram mais

Um grande jogo entre Brasil e México, mas que infelizmente acabou empatado a zero. Foi o segundo jogo do mundial a terminar em branco, no entanto, este desafio devia ter ficado 4-4 ou 5-5 tal foram as oportunidades de golo que as duas equipas criaram. Sim, o México esteve muito bem, causou perigo à baliza de Júlio Cesar, em particular por Herrera e Oribe Peralta. O rei do jogo frente aos Camarões, Giovani dos Santos esteve algo apagado. Foi mesmo o México que acabou em cima do Brasil...

O Brasil como sempre tentou por todas as vias, Neymar e depois Bernard na segunda parte. Fred continua uma lástima e Óscar esteve apagado. O único problema em relação a Scolari é porque razão, sendo o Brasil favorito e a jogar em casa, o seleccionador continua a insistir na dupla Luis Gustavo-Paulinho. Na minha opinião Scolari quer marcar um golo e defender o resultado, e como isso ainda não aconteceu em nenhum dos dois jogos, a dupla de médios tem de se adiantar no terreno o que nem sempre faz com eficácia. 

É preciso não esquecer que o Brasil esbarrou na qualidade de Guillermo Ochoa, jovem guardião mexicano. Isto apesar dos tchu tcha tchas de Neymar que até ao momento tem estado em grande. 

Sem comentários:

Share Button