quarta-feira, 4 de junho de 2014

A união à volta de uma pint

Nick Clegg, líder dos liberais-democratas, e Vince Cable, um dos maiores críticos da actual liderança foram a um pub beber uma cerveja juntos, tendo a comunicação social britânica testemunhado o momento. 

Após a derrota nas eleições locais e europeias, o líder do partido que faz coligação governamental com os conservadores foi alvo de várias críticas, em particular de Vince Cable. A partir daí começou a especular-se sobre se este última iria candidatar-se ao lugar ocupado por Clegg. No entanto, como se verificou ontem tudo não passou de uma especulação porque os dois homens do momento foram tomar uma cerveja juntos, como se fossem dois grandes amigos. Cable disse que vai apoiar Clegg até às legislativas britânicas que se realizam no próximo ano. Depois se verá, mas é possível que os dois não voltem a sair à noite para o mesmo bar. 

É engraçado como funciona a política britânica, embora tudo isto não passe de uma farsa para a comunicação social local ficar calada durante uns tempos e não perturbar o bom funcionamento do governo. Ora, e se António José Seguro e António Costa fossem tomar um copo juntos? Como seria a reacção dos portugueses e dos militantes socialistas?

O que se passou com o partido liberal-democrata é semelhante à situação que se vive no PS, contudo, por cá não há amizades falsas porque os dois líderes a candidatos a primeiro-ministro já mostraram que em política vale tudo. Esta imagem não seria possível em Portugal porque nos partidos a concorrência é motivo para atacar por baixo o adversário e nunca serve como forma de valorizar as nossas qualidades. 

Sem comentários:

Share Button