Etiquetas

quinta-feira, 12 de junho de 2014

A Golpada portuguesa

Quem viu o filme "Golpada Americana" certamente estará recordado das manhas e artimanhas dos personagens protagonizados por Christian Bale e Amy Adams. 

A versão portuguesa desta história não será feita por nenhum realizador português porque está a ser escrita pelo presidente da Liga de clubes, Mário Figueiredo. O antigo, actual e futuro líder foi eleito com 8 votos em 55 possíveis, sendo que desses oito houve um clube que votou em branco. Pelo que, no total Figueiredo obteve 7 votos. É de referir que não teve concorrência porque a única lista que reunia as condições exigidas pela lei era a do próprio. 

O mais grave é que o presidente reeleito parece sentir-se bem com esta situação, pelo que, irá continuar o trabalho de descredibilização e falência do futebol português. No entanto, parece que a maioria dos clubes portugueses (os 48 clubes que não votaram), estão dispostos a arranjar forma para tirar Mário Figueiredo da presidência da Liga. É curioso verificar quando alguém tenta "aldrabar" outrem acaba sempre por sofrer as consequências. Espero que seja isso o que aconteça a Mário Figueiredo, porque de facto, não se percebe porque razão o ainda presidente continua a insistir em manter-se na liderança da liga de clubes. 

Não é por amor ao futebol que esta situação se desenrola.

Sem comentários:

Share Button