domingo, 18 de maio de 2014

Olhar a Semana - Sócrates e Capucho

Os dois grandes personagens da campanha eleitoral têm sido José Sócrates e António Capucho. O antigo primeiro-ministro vai participar no último dia de campanha socialista e descer o Chiado ao lado de António José Seguro, Francisco Assis, António Costa e demais figuras do partido. Por seu lado, António Capucho anunciou o voto no PS, tendo tomado o pequeno almoço ao lado do candidato socialista ao parlamento europeu. 

Em relação a Sócrates era natural que reaparecesse depois do seu comentário televisivo ter sido suspenso. Como um bom animal político que é, o ex-PM precisa de arranjar para aparecer e ser notícia, mesmo que o povo ainda não tenha esquecido o mal que fez ao país. No entanto, este tipo de pessoas não sabem quando devem desaparecer, continuando a mostrar que estão vivos, mesmo que não se goste deles. Sócrates aparece na campanha para dar um apoio falso a Assis e a Seguro. Tenho a certeza que as aparições do antigo líder socialista não se ficam por aqui e que no futuro iremos vê-lo agarrado a alguém que esteja contra o actual secretário-geral. 

A situação de António Capucho é diferente uma vez que este é um histórico do PSD. Não tenho dúvidas nenhumas que Capucho é um activo valioso da Direita, além de ser uma personalidade com nível político e intelectual. No entanto, o ex-autarca de Cascais está zangado com a actual direcção por esta não lhe ter dado um devido destaque, leia-se lugares, e agora vem tendo posições contra o partido. Em Sintra e agora nas europeias. Quem sabe se nas próximas presidenciais Capucho não avança com uma candidatura independente ou não será ele o principal apoiante de um "independente" da área social-democrata. Será Marcelo?

Apesar de tudo os dois têm sido as pessoas mais faladas nesta primeira semana de campanha. 

Sem comentários:

Share Button