Etiquetas

terça-feira, 15 de abril de 2014

Saúde democrática

Embora se diga muitas vezes que em Portugal as pessoas não se interessam por política, a verdade é que o número de forças políticas tem aumentado. Apesar da elevada abstenção, há quem queira e goste da fazer política, o mesmo é dizer, tem interesse em debater ideias e apresentar projectos. 

Nas próximas eleições europeias vão a jogo 16 partidos, o que demonstra bem a força com que muitas pessoas tentam fazer com que os eleitores vão às urnas. Não será por falta de escolha ou projectos políticos que os portugueses terão razões para ficar em casa no próximo dia 25 de Maio, até porque também é o futuro da Europa que está em causa. 

A presença de 16 partidos, mais 3 do que em 2009, nas próximas eleições é de salutar e só vem reforçar a ideia que o 25 de Abril valeu a pena. Agora é necessário inverter o discurso pessimista das pessoas, mas também é urgente uma melhoria a nível da competência técnica e humana de algumas pessoas que são responsáveis pelos destinos do país. Tanto a primeira hipótese como a segunda demoram tempo e são difícil resolução, mas é possível que com divulgação e informação haja melhorias. 

No ano em que estamos a festejar 40 anos de Abril o sinal dado pelos partidos é importante e penso que nos próximos haverá mais novidades. 

Sem comentários:

Share Button