Etiquetas

domingo, 27 de abril de 2014

Olhar a Semana - Conflito no sudoeste asiático

A visita de Obama ao Japão e Coreia do Sul não acontece por acaso. Num momento em que os dois países estão sob ameaça de uma guerra, o líder norte-americano aproveitou para dar o apoio dos Estados Unidos a esses países. 

O Japão tem estado numa disputa com a China pelas Ilhas Senkaku, enquanto a Coreia do Sul vive ameaçada pelo vizinho do Norte. Ora, sozinhos tanto Tóquio como Seul não conseguem vencer Pequim nem Pyongyang nos conflitos referidos. 

A presença de Barack Obama no Japão e Coreia do Sul é importante sob o ponto de vista político e militar. Em relação ao apoio político não há nada melhor do que ter a amizade de Washington, mesmo quando o que está em causa são pequenas ilhas. Sob o ponto de vista militar sempre ajuda contar com material norte-americano, não vá alguém disparar sem querer. Como aliás já aconteceu na Coreia do Norte.

O sudoeste asiático parece ser uma parte do mundo calma, mas daquele lado chegam-nos notícias de movimentações políticas e não só, que podem preocupar. Esta visita de Obama é estratégica e importante para prevenir qualquer surpresa, até porque do outro lado da barricada estão dois inimigos históricos dos Estados Unidos. 

Os Estados Unidos têm mais uma preocupação do outro lado do planeta e não é só Israel que merece protecção e segurança. Os primeiros avisos já foram dados. 

Sem comentários:

Share Button