quinta-feira, 3 de abril de 2014

Agarra que vai cair

Há políticos que prometem mas não cumprem. Outros atiram umas coisas para o ar para ver se a comunicação social pega e o eleitorado deposita o voto no candidato. 

Seguro faz parte deste último grupo. O secretário-geral prometeu acabar com os sem-abrigo em quatro anos. e criar condições para que todos tenham melhores condições. Um político sério não pode ter afirmações destas, ainda por cima quando estamos a falar do principal líder da oposição e candidato a futuro primeiro-ministro. 

A proposta ou a ideia do líder socialista não é séria nem tem pernas para andar. É por causa deste tipo de declarações feitas a quente ou com propósito de iludir as pessoas que os eleitores depois cobram aos políticos quando estes ocupam lugares de topo. Depois não admira que circulem imagens nas redes sociais e na comunicação social com frases ditas pelos governantes mas que depois não são cumpridas. 

Nota-se uma falta de competência política por parte dos líderes mas também de quem é responsável pela imagem pública dos políticos. Seguro vai coleccionando barbaridades umas atrás de outras e por isso é que as pessoas não o olham com credibilidade. 

A questão do momento é saber se Seguro cairá porque é incompetente politicamente ou porque não sabe falar. 

Sem comentários:

Share Button