segunda-feira, 28 de abril de 2014

A Ucrânia perdeu o Leste

A guerra na Ucrânia não começou agora, mas em Fevereiro quando separatistas anti-Yanukovich decidiram tomar conta da praça da independência em Kiev. 

Os últimos relatos que nos chegam do país são uma prova da divisão que já existia, mas que era apenas demonstrado politicamente e em eleições. O que se nota agora é uma impressionante força militar organizada há algum tempo, precisando apenas de um motivo forte para avançar e matar os "inimigos" que também são ucranianos. 

Parece que esta guerra já estava prevista, dado a organização dos chamados "separatistas russos" e que não contam ainda com a ajuda do exército de Moscovo. Quando isso vier a acontecer vai ser o caos. Nota-se que, tanto os separatistas como o exército russo, já estava preparado para a guerra há algum tempo. 

Não tenho dúvidas que a Ucrânia vai-se dividir e dois e deixará de ser o segundo maior país da Europa. Ninguém sabe o que vai nascer no actual "leste" ucraniano, mas até lá muitas pessoas vão morrer e as movimentações políticas serão bastantes mas inúteis, já que os separatistas russos não se sentam à mesa com Kiev, Bruxelas ou Washington, da mesma forma que os "separatistas anti-Yanukovich", mal o fizeram com o "ainda" presidente da Ucrânia. 

Sem comentários:

Share Button