Etiquetas

terça-feira, 11 de março de 2014

Manifesto dos Traidores

O manifesto de 70 notáveis que pede a reestruturação da dívida mais parece um manifesto de traidores, isto porque um dos signatários é Manuela Ferreira Leite. Não percebo como é que nesta altura têm a coragem de vir falar em alterar o que está programado, uma vez que faltam poucos dias para a saída da troika de Portugal. Para mim, este documento é um intenção de algumas pessoas mostrarem que estão vivas, mesmo depois de durante quase 3 anos terem criticado as opções do governo. Não é por acaso que entre os contestatários está também Francisco Louçã, uma possibilidade para Belém daqui a dois anos. 

Estas pessoas deveriam ter aparecido mais cedo e não se esconderem tanto por detrás das câmaras de televisão onde habitualmente fazem comentários políticos sem conhecerem a realidade dos números. Como é que alguém pode falar em adoptar a medida x ou y se não conhecem as contas do Estado e muito menos o programa de ajustamento? É um descaramento político estas pessoas ainda terem espaço mediático. 

1 comentário:

Fernando Vasconcelos disse...

Hum ... eu assinaria se me tivessem pedido. Sabes porquê? Porque considero que o caminho que nos estão a obrigar a seguir nada tem de racional, de virtuoso ou de correcto. Acho que apelidares de "traidor" quem se limita a discordar da cartilha corrente é muito pouco democrático. Poderia utilizar o mesmo epiteto para os actuais governantes deste país. Não o faço porque acredito que apesar de tudo fazem o que pensam que é melhor para o país. Poderão ser incompetentes, traidores não. E para julgar da competência em escolhas politicas diz-nos a história que é bom esperar o numero de anos suficiente para termos o recuo e a perspectiva necessária.

Share Button