sábado, 22 de fevereiro de 2014

Uma vitória para Portugal

Bom discurso de abertura do Primeiro-Ministro ontem em Lisboa. Não é muito comum Passos Coelho fazer muitas críticas à oposição e aos notáveis do partido que não percebem a dificuldade de governar o país nestas circunstâncias. Gostei da forma como Passos Coelho abordou a questão do "estamos melhor ou pior". Embora os números não mintam a inversão do ciclo económico ainda ninguém sentiu os efeitos das mudanças. No entanto, isso é natural já que só no final do ano passado é que os números começaram a ser positivos. O líder laranja fez bem em lembrar o quão foi atacado por em 2012 ter dito que 2013 seria o ano da mudança. Ora, não isso que aconteceu? Os números provam isso mesmo.

Espero que os partidos da coligação aproveitem os bons ventos para tentar ganhar as eleições e deixar o PS numa situação complicada, até porque a primeira derrota eleitoral de Seguro vai ser sinal de problemas internos. O PS não pode mais um voto que seja, tem mesmo de perder e para isso o PSD e CDS têm de convencer os portugueses que os números positivos vão valer a pena.

Sem comentários:

Share Button