Etiquetas

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Sem ténis nem touradas

O país vai perder dois dos seus maiores eventos: O torneio de ténis que durante 25 anos esteve presente no Estádio Nacional e que no mês de Maio fazia as delícias dos (poucos) adeptos da modalidade em Portugal. Pelo Estoril Open, mais recentemente, Portugal Open passaram campeões como Thomas Muster, Novak Djokovic, Roger Federer e a sensação do ano passado Stanislas Wawrinka. O número de atletas de topo que passaram pelo nosso país são muitos, no entanto ninguém vai esquecer a armada espanhola que nos anos 90 proporcionou grandes espectáculos e dominava o torneio. No entanto, com o passar dos anos este torneio tem vindo a não se valorizar em termos desportivos e audiências. Na década de 90 o torneio estava à pinha, mas houve um decréscimo de espectadores.

Outro aspecto tem a ver com o facto do torneio se tornar mais num evento social do que num espectáculo desportivo, mas o mais importante são as instalações que não permitem outros vôos. Também não há outro local que possa albergar um torneio capaz de atrair investidores e espectadores em muito maior número do que o palco montado para o Estoril Open. 

Até ao momento ainda não está agendada qualquer corrida para o Campo Pequeno. Nesta altura já era possível saber aspectos sobre os cartazes para a temporada bem como os preços dos abonos. Ora, a praça de touros tem acolhido espectáculos de vária ordem mas parece que não vai existir temporada taurina na principal praça do país. É verdade que só em Abril a temporada começa mas nesta altura já deveria haver algum reboliço. Quanto ao resto do país não há que ter problema uma vez que só no Verão é que se iniciam as corridas.  

Sem comentários:

Share Button