Etiquetas

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Moscovo é o responsável

O conflito que se verifica na Ucrânia está relacionado com o apoio dado pela Rússia a Viktor Yanukovich para que este não dê a mão à União Europeia nos tratados comerciais. Estes tratados são vistos por Moscovo como uma possibilidade de Kiev aderir ao clube europeu a breve trecho. Este facto incomoda Moscovo já que isso significa perder um aliado na manutenção do seu poder mundial. 

O facto é que a maioria dos ucranianos quer ser membro da UE, mas os russos que vivem no país temem que isso relativize a sua presença nna Ucrânia. O presidente ucraniano é um aliado de Putin e anti-europeu, mas a oposição alinha pela Europa e não pela Rússia. Embora a oposição tenha chegado a acordo com o presidente recente, não se admite que ontem tenha havido um agravar da violência e lançar o país para uma guerra civil que só vai prejudicar a Europa. 

O poder não ficar nas mãos de Yanukovich mas a oposição responsável pelo cenário de guerra em Kiev também não pode ser responsável pela condução do país. A terceira via nestas situações refazer tudo de novo, mas isso levaria a uma questão pertinente: o novo líder seria escolhido por Moscovo ou pela UE?

Sem comentários:

Share Button