quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Conclave social-democrata

O PSD tem amanhã o seu congresso. Na reunião magna o líder social-democrata deverá anunciar Paulo Rangel como cabeça-de-lista às europeias e desvendar a ponta do véu sobre como vai Portugal sair do programa de ajustamento e financeiro. 

Não haverá grandes críticas à actual direcção, ao contrário do que aconteceu no conclave do CDS. O congresso poderá servir para o PSD definir a sua linha ideológica e mostrar ao país que ainda tem alguma base social e se preocupa com questões sociais. Outra questão a abordar será a coligação com o CDS, uma vez que os sociais-democratas não quererão ir às eleições legislativas 2015 coligados com os centristas se tiverem em perspectiva uma maioria absoluta. Em meu entender Passos Coelho acredita não só na vitória eleitoral mas num resultado histórico, no fundo o primeiro-ministro ainda confia nos portugueses.  

Sem comentários:

Share Button