terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Ainda não é fim de ciclo

O FCP não está em fim de ciclo mas para lá caminha, no entanto penso que nenhum clube vai ter o domínio do futebol português como aconteceu no passado. Pinto da Costa ainda não saiu da presidência mas já começaram as jogadas de bastidores para a sucessão. A intenção do presidente é escolher um sucessor e controlá-lo durante algum tempo, mas os outros pretendentes à cadeira do poder não vão aceitar esta situação. 

O possível fim de ciclo nota-se não só na contratação do treinador mas na escolha dos jogadores que vieram substituir Moutinho, James e Lucho. Por um lado há falta de dinheiro no clube, mas também há quem não pretenda ver os bolsos dos outros a encher. Por outro lado há um sector do clube azul e branco que pretende uma nova política desportiva mas também de comunicação. Há muitos adeptos portistas que não se revêem nas atitudes praticadas por Pinto da Costa no domingo à noite quando agrediu um jornalista. Se o presidente portista não queria falar, em primeiro lugar não tinha descido à rua para resolver um fait diver, mas também não abordava os jornalistas, até porque o país estava curioso para saber se Paulo Fonseca ia ou não sair do clube, tal como o treinador tinha prometido logo que acabou o desafio frente ao Estoril.

Sem comentários:

Share Button