Etiquetas

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Obama quer corrigir falhanços internos

Barack Obama vai fazer o seu quinto discurso sobre o Estado da União nesta madrugada. Apesar da sombra do Obamacare ainda pairar no ar, o presidente conseguiu um bom trunfo ao anunciar o aumento do salário mínimo para os funcionários do governo horas antes da declaração. 

O presidente norte-americano percebeu o erro que foi a concepção do Obamacare e agora quer dar uma notícia positiva à administração pública norte-americana. Não para ganhar votos porque o presidente cumpre o seu último mandato mas para não ser um alvo fácil das críticas antes de mais um momento importante. Os erros em redor do Obamacare ainda estão bem presentes na memória dos norte-americanos e não há nada que apague a boa lembrança dos Yankees, nem mesmo o sucesso na questão nuclear iraniana e a condução do processo sírio. 

Tal como cá, nos Estados Unidos os temas internos são mais decisivos do que os resultados externos quando se trata de avaliar a performance de um presidente. Obama está a ser julgado mas não tem problemas eleitorais a enfrentar, no entanto os democratas podem sofrer na pele as insuficiências políticas nas próximas eleições presidenciais em 2016. Se Obama perder popularidade já não faz sentido uma candidatura de Hillary Clinton, ela que esteve com o actual líder no primeiro mandato. 

Sem comentários:

Share Button