Etiquetas

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

O povo acorda feliz porque vai saber o resultado do jogo da sorte

O povo anda esfomeado. Não só não como não há dinheiro nos bolsos e por isso é que todas as segundas-feiras as filas para verificar se os jogos da sorte têm prémio estão a aumentar. Percebo o desejo das pessoas em ganhar nem que seja 1 ou 2 euros, até porque para se apostar quase não se gasta nada.

Por dinheiro se faz tudo e por ele as pessoas passam o fim-de-semana à espera do número da sorte. Porque será? Necessidade ou ganância? Acho que é um pouco das duas coisas mais a questão material. Há quem não precisa mas que faz tudo por ele, e quem precisa só se sente bem com ele. O ele é o dinheiro, lá está, esse bem material que compra a felicidade e o sexo, mas mais importante do que isso esconde frustrações e anseios de quem não é correspondido pelo sentimento mais relevane: o amor. 

A questão em torno das filas para saber o resultado dos jogos da sorte é apenas um pequeno pormenor quando a sociedade é constituída por muitas pessoas que apostam noutros valores. Infelizmente a sociedade portuguesa tem vindo a construir a sua personalidade muito à custa dos objectos materiais e por isso é que surgem fenómenos como a corrupção e outros parecidos. 

Há muito que a sociedade portuguesa deixou de ter em consideração os valores e princípios bem como as ideologias que fundaram o país. Não admira que muitos estejam desencantados com a política quando só pensam no valor da retribuição mensal. 

Infelizmente a sociedade em Portugal caminha para o altruísmo e a selvajaria só por causa do dinheiro. 

Sem comentários:

Share Button