Etiquetas

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Marcelo nunca foi, não é e jamais será uma boa solução presidencial

Marcelo Rebelo de Sousa revelou ontem ao país que não será candidato a Presidente da República em qualquer circunstância. O comentador justificou esta decisão após ter tido conhecimento da moção e Passos Coelho. 

Ora, MRS deixa no ar que não avança devido ao facto de não ter apoio do partido, em particular do seu líder. Percebo a justificação do professor mas esperava mais de alguém que há quase 10 anos dá a sua opinião todos os domingos sobre todo e qualquer assunto. Na minha opinião, Marcelo tem medo de ir a jogo sozinho mas também tem receio de não agarrar o partido. Apesar do seu brilhantismo semanal, Marcelo já não tem qualidades políticas porque na única oportunidade que teve, não foi capaz de levar o barco a bom porto. É bom recordar que a saída de Marcelo da liderança do PSD aconteceu após a demissão da AD. Recordo que Passos Coelho teve de enfrentar o mesmo problema e não se demitiu nem deixou Portas se demitir. 

Tenho a certeza que Marcelo é um excelente teórico e pensador apesar de não ouvir os seus sermões dominicais, mas não tem nenhum capacidade política prática e pior do que isso tem pouca coragem para assumir desafios. Outro aspecto que condeno na postura do comentador é o estar sempre à espera, qual D.Sebastião..........

Hoje acabou o mito Marcelo, pelo menos na vida política real. No entanto, ainda o ouviremos todos os domingos mas também isso será por pouco tempo. 

Sem comentários:

Share Button