Etiquetas

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Um aviso aos Rioistas

Sempre que se aproxima um congresso de um grande partido é normal surgirem candidatos à actual liderança. Em Janeiro o PSD vai ter o seu congresso e eleições directas que contará com a recandidatura do actual Primeiro-Ministro. 

Apesar dos sinais de retoma ainda há quem acredite na queda do governo antes de 2015, no entanto isso é pouco provável que aconteça.Nestes termos a oposição interna social democrata tem de esperar mais dois anos. Eu aposto que aqueles que estão descontentes com a liderança de Passos Coelho vão ter de aguentar até 2019.....

Rui Rio é o nome apontado como encabeçando um possível movimento contra a actual direcção social-democrata. Não tenho dúvidas da competência política e técnica do antigo Presidente da Câmara Municipal do Porto, contudo Rio acabou de sair de um cargo político. Na minha opinião são os que estão à volta do antigo autarca que diminuem as suas possibilidades de um dia vir a ser líder do PSD. 

Tanto no PS como no PSD a pressa com que se "fabricam" líderes leva a uma queda ininterrupta. Note-se o que fizeram com António Costa. O actual autarca de Lisboa foi levado a ser "um possível" candidato, mas na hora da verdade não avançou. Espero que o mesmo não se passe com Rui Rio já que o país ainda precisa dele e era uma pena "matar" à nascença um futuro primeiro-ministro. 

Sem comentários:

Share Button