quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Berlusconi caiu

Sílvio Berlusconi caiu para sempre com a sua expulsão do Senado. Quem anda na vida e na política a fazer porcaria acaba sempre por pagar. O homem de ferro italiano teve o fim que se esperava, após tantos anos de viver "à grande" e "à francesa", sempre à custa dos contribuintes. As palhaçadas, os escândalos sexuais e tudo o resto tiveram a consequência que se esperava.

Apesar das acusações e das expulsões, Berlusconi não aceita o veredicto popular, da justiça nem o parlamentar. A personalidade do antigo primeiro-ministro não quer ser humilde, preferindo ser arrogante e controverso. Tudo o que "Il Cavaliere" andou a fazer nestes últimos 20 anos teve um preço. Felizmente que ainda há países defensores da ética na política, mas também na própria vida. O exemplo dado pelo parlamento italiano pode ser estendido a outros países, nomeadamente em Portugal onde em nenhuma circunstância, qualquer político foi condenado. Se o foi levou tanto tempo a ser que o efeito da condenação já não tinha relevância política nem mesmo criminal. 

1 comentário:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Ouvi as noticias e pensava:
- Quando acontecerá o mesmo a algumas, muitas, figuras da nossa praça...?
F
Deviam ser julgados e punidos pelos erros feitos e reporem as verbas mal gastas nos seus luxos e desmandos...

Share Button