Etiquetas

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

A vontade Rui Tavares é positiva

A ideia é boa e parece ter pernas para andar. No entanto, o sucesso da iniciativa de Rui Tavares depende da forma como o ex-bloquista seduzir a ala socialista mais descontente. Aquela que esteve ao lado de Soares e António Guterres, mas que teve desilusões com Sócrates e Seguro. 

Defendo há algum tempo a existência de um partido de esquerda em Portugal que saiba lutar e representar os ideais de esquerda bem como servir de suporte às classes mais desfavorecidas. O PCP e o BE não têm sabido lidar com o desenvolvimento do país e das ideologias, por isso é que ficam perdidos no velho discurso. 

Saiba Rui Tavares fundamentar a criação da nova força partidária e com isso agarrar alguns socialistas, o país pode vir a ter um novo partido. Mais importante do que isso, é o facto do Partido Socialista poder ter um aliado no governo. 

Caso a nova força obtenha um bom resultado nas europeias, o PS já tem com quem se coligar em 2015.

Sem comentários:

Share Button