Etiquetas

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

9ª jornada - Deus no topo e Fonseca no inferno

Há quase quatro jornadas atrás critiquei a postura do Gil Vicente dentro do terreno de jogo. A equipa de João de Deus tem sido o máximo representante do Minho, já que o grande favorito à conquista do 4º lugar já tem quatro derrotas consecutivas no campeonato.

A subida do Gil Vicente em contraste com o grande Sporting de Braga e o europeu Marítimo é apenas um sinal do tempo. Não acredito que a equipa presidida por António Fiuza consiga manter a bitola, no entanto é mais uma formação longe dos lugares de despromoção. Alias, as equipas com menor orçamento, como é o caso do Gil, Estoril e Rio Ave estão a vencer mas também a praticar um bom futebol, contrastando com as más exibições de equipas com melhores individualidades. 

Nesta jornada as duas equipas de Lisboa aproximaram-se do FCP que perdeu na capital, ante um Belenenses renascido. Nota-se que Paulo Fonseca tem qualidade mas ainda está verde. Além do mais, a equipa azul e branca continua orfão de um Moutinho difícil de ser substituído. Estou convencido que, e após vários anos, a luta pelo título vai ser discutida entre os dois grandes de Lisboa, o que trará mais emoção até final da taça. Em termos competitivos, anímicos e mesmo no que toca a futebol praticado são as formações que neste momento estão em melhor forma. O FCP está a sofrer pelo facto de estar a fazer uma má liga dos campeões, mas também por não estar a recolher os frutos das contratações. Licá e Josué estão a baixar de rendimento e isso tem consequências. 

Oito anos depois podemos estar de novo a assistir ao campeonato da segunda circular. Quem não tinha saudades de uma disputa a dois entre os velhos rivais lisboetas?

Sem comentários:

Share Button