terça-feira, 15 de outubro de 2013

Pior do que não saber perder, é fazer birra

E se o Arménio Carlos tivesse que fugir da polícia e por acaso caísse ao mar? 

Esta situação é perfeitamente possível, razão pela qual o Governo não deixa que a manifestação de sábado se realize na Ponte. O secretário geral da CGTP arranjou um local absurdo para realizar o protesto. Além das questões de segurança, o local não é muito apelativo, pelo que a adesão seria mínima. 

O sindicalista quer criar um problema para justificar a fraca participação da manifestação. É normal que assim seja, já que as acções de luta promovidas por Arménio Carlos estão a perder força política e social. 

Sem comentários:

Share Button