Etiquetas

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

O que desejo para as eleições na Alemanha

O mundo e a Europa vão estar de olhos postos na Alemanha durante este fim-de-semana. As eleições gerais vão ser seguidas atentamente na Grécia, Portugal, Irlanda e Espanha. O futuro da Europa decide-se no próximo domingo. A eleição de Merkel está garantida, no entanto não se sabe se a chanceler terá ou não de fazer coligações. Em caso afirmativo, será o futuro parceiro de coligação a definir o rumo dos quatro países sob assistência financeira. É inacreditável como é possível um país soberano como Portugal estar mais preocupado com as eleições na Alemanha do que propriamente com as próximas legislativas nacionais. São sinais do tempo mas também do poderio financeiro e da forma como um país consegue ter influência sobre outro. Este aspecto era impensável há uns anos atrás, já que não foi para isso que aderimos ao Euro. Era bom que a Chanceler vencesse mas que fizesse coligação com o SPD. Colocar um travão nesta política que tem asfixiado países como Portugal e Grécia é o que se deseja num futuro próximo, se for possível já no orçamento para 2014. Acho que os outros países também agradeciam.

1 comentário:

ematejoca disse...

No domingo a chanceler federal Angela Merkel vai obter a grande maioria dos votos numa eleição que desperta mais interesse fora da Alemanha do que no próprio país.

Só que as eleições alemãs não vão mudar o cenário político da Europa, mesmo com um Peer Steinbrück como chanceler federal.

Share Button