segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Jornada 4 - Montero Off-Side

Para analisar a jornada 4 do nosso campeonato, hesitei entre colocar este título ou outro denominado "Made In Colômbia".
Quatro jogos depois os maiores protagonistas do nosso campeonato são dois colombianos: Jackson Martinez do FCP e Freddy Montero, o novo "jardel" de Alvalade. Em quatro jogos o novo reforço leonino já tem 6 golos e ontem contra o Olhanense podia ter aumentado o seu pecúlio para 7. Para já, os dois colombianos prometem lutar pela liderança dos melhores marcadores do nosso futebol. Já que Cardozo ainda tem de recuperar a sua forma física, nas primeira jornadas os maiores destaques são para os pontas de Sporting e FCP.
 
No entanto, o colombiano leonino tem dois golos "irregulares". O de ontem contra a equipa de Abel Xavier e o tento marcado ao Benfica. Não sei o que se passa com os auxiliares, no entanto Fredy tem sabido estar fora da marcação dos centrais adversários mas também dos juízes de linha. A pontaria de Montero disfarça as debilidades leoninas, que no entanto tem vindo a melhorar de produção. Contudo é preciso que os árbitros estejam atentos, já que agora o pequeno avançado do Sporting vai aproveitar mais situações destas para marcar golos. Sempre defendi que justificar as derrotas com erros de arbitragens era desculpas de mau perdedor. O problema é que o avançado leonino tem gozado de alguma impunidade. Espero que a veia goleadora de Montero seja revelada de forma legal nos próximos jogos. A grande diferença de Montero para Jackson, é que o avançado do FCP tem facturado de forma "limpa".
 
Realizados que estão quatro jogos, é necessário fazer uma referência ao Gil Vicente. O clube de Barcelos tem 6 pontos devido a vitórias frente a Académica e Sporting de Braga. Nos dois jogos, a equipa orientada por João de Deus fez um anti-jogo incrível mas ficou com os três pontos. Contra Benfica e FCP perdeu e muito bem os desafios, tendo adoptado a mesma estratégia ultra defensiva para sacar pelo menos um ponto. No jogo da Luz, os gilistas quase conseguiram a proeza, mas no Dragão, o FCP ganhou com toda a justiça. De todas as equipas do campeonato, o Gil é a única que se tem apresentado desta forma nos quatro jogos. Sem ambição, com as linhas fechadas e apostando no contra ataque. Espero que em Maio, João de Deus e o Gil sejam penalizados por causa deste tipo de futebol, porque é a única que tem apresentado anti-jogo e nem o Arouca, recém-promovido à primeira liga tem adoptado este sistema. Apesar das quatro derrotas, Paços e Belém têm apresentado um bom futebol. Acho que tirando o Gil, todas as outras 15 equipas têm tido uma boa postura dentro do campo, o que é bom para quem acompanha os jogos.

2 comentários:

Fernando Vasconcelos disse...

Oh Francisco. O golo contra o Benfica foi um fora de jogo milimetrico no inicio de uma jogada depois da qual houve duas tabelas uma corrida e um centro mais do que tempo suficiente para que o erro inicial pouca influencia tivesse no golo (a não ser a jogada dever ter sido parada logo). Este outro golo se queres que te diga sim é fora de jogo como existem milhares. Essa de separar os "golos irregulares" dos regulares tem piada ... é um critério que nunca vi utilizado. Eu percebo que a equipa do Sporting comece a preocupar mas não se preocupem - não este ano pelo menos. São miúdos e não têm força para o Inverno ...

Francisco Castelo Branco disse...

Caro Fernando

Começa a preocupar sim, no entanto vai ser interessante até quando Montero conseguirá aguentar a corrida pela bota de ouro. O problema é que o colombiano tem a mesma movimentação de Jardel, o que o leva sempre a jogar no limite do fora de jogo.

Share Button