quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Alguém com coragem

Finalmente que o governo adoptou uma posição relativamente à troika. Foi preciso esperar quase dois anos e meio para que Passos Coelho reagisse às imposições definidas pelos funcionários que todos os meses estão por cá. Como é costume em Portugal ninguém levanta a voz contra nada e mesmo que as opções sejam más o povinho aceita sem reclamar. O caminho que a troika desenhou por Portugal não é o melhor, pelo que convêm o governo impôr as suas próprias metas. É verdade que sem nota positiva não há dinheiro, contudo é importante Portugal navegar por si mesmo, a não ser que aceitemos o nosso trágico destino. Até porque o tratamento em relação a Espanha não é igual e nuestros hermanos estão a ser favorecidos. É certo que o acordão do constitucional não ajudou, contudo é preciso ter coragem para dizer não à austeridade excessiva. Com o novo Ministro da Economia é preciso daqui em diante apostar no crescimento, pelo que não se pode fazer cortes cegos a tudo e mais alguma coisa. 

1 comentário:

Fatyly disse...

Este texto é uma mais uma bela campanha elitoralista na qual teria muito a dizer e não o faço por respeito, já que o país em vivo não deve ser o mesmo que tu vives!

Share Button