Etiquetas

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Bruma, um flop dentro e fora de campo

O Sporting venceu o caso Bruma no plano jurídico mas vai perder o jogador na mesma para um dos seus grandes rivais, muito provavelmente o Benfica. Depois de ver partir João Moutinho para o FCP e de forma semelhante à de Bruma, os leões deixam fugir mais um craque para um dos seus rivais. 
Não quero questionar a questão jurídica porque essa dá pano para mangas, mas interessa reflectir porque razão o Sporting é uma fábrica de fazer talentos mas depois não os aproveita. É óbvio que por detrás das saídas das jovens pérolas estão questões financeiras mas sobretudo objectivos desportivos que dificilmente se consegue alcançar estando no Sporting. Este é um factor no qual os leões perdem sempre para os seus grandes rivais e que não vai mudar enquanto a política desportiva não mudar. Se a academia de Alvalade produz talentos fora do normal mas que depois não são aproveitados na equipa principal por questões desportivas, a Academia torna-se uma inutilidade e só serve para lançar jogadores medianos. Não há por aí muitos Messi, Neymar, CR7 ou Bruma. O caso Bruma revela também a mesquinhez do nosso futebol e das pessoas que por lá andam. O problema vai ser encaixar um talento como Bruma numa equipa que tem extremos a mais e que nem os mais talentosos e experientes jogam......será que vai haver espaço para a Brumamania ou o ainda actual jogador do Sporting vai ser um novo Yannick? Se o destino for mesmo o Benfica tenho a plena convicção que o jovem jogador irá ter poucas oportunidades para mostrar o seu brilhantismo e que este episódio no fim não valeu de nada.

Sem comentários:

Share Button