domingo, 2 de junho de 2013

Olhar a Semana - Ele bem tenta mas não consegue

Nestes dois anos de mandato, o governo tem tentado mudar alguma coisa. Os números não têm batido certo mas a intenção de fazer algo está lá. A mensagem de Pedro Passos Coelho é clara: temos de mudar de vida. Ao longos dos dois anos de penosa austeridade, o PM tem mantido o seu discurso coerente. Assim fossem todos e o país estava bem melhor, pelo menos a nível de coerência política. O Primeiro-Ministro tem tentado mudar mas não tem conseguido. É verdade que os interesses, as influências e as pressões existem, no entanto ninguém até hoje ousou enfrentar esses poderes instalados. Percebe-se a intenção do PM, contudo é difícil de implementar este tipo de políticas liberais em Portugal, porque num país dominado pela esquerda e pelos sindicatos qualquer tentativa de liberalizar a economia e o próprio país é logo alvo de manifestações e protestos. 

Não se pode acusar o PM de tentar mudar o curso da história, no entanto podemos criticar a forma como está a ser feita, pois isso tem causado 17,8% de desempregados. É de louvar a atitude de Passos Coelho de não desistir, embora necessite da mão de Cavaco Silva e também pelo facto de não haver uma alternativa credível. 

Aconteça o que acontecer no futuro, ninguém pode acusar PPC de, pelo menos não tentar. 

Sem comentários:

Share Button