Etiquetas

sexta-feira, 14 de junho de 2013

O relatório do FMI é o fim

Se as previsões do relatório do FMI forem uma realidade o nosso fim é certo. Contudo, como toda e qualquer previsão é passível de não ser cumprida, pelo que todos esperamos que o FMI seja tão assertivo como as do Ministro Gaspar, porque isso significaria um falhanço total nas previsões mais pessimistas. No entanto, não percebo o conteúdo do relatório já que é o FMI o primeiro a admitir um falhanço nas políticas de austeridade adoptadas em Portugal. No fundo, o organismo internacional reconhece que as suas políticas não são as mais adequadas para combater a crise. O instituto liderado por Christine Lagarde tem vindo diversas vezes a reconhecer erros nos programas grego e português, pelo que não se entende se as previsões são um bom ou mau prenúncio. Em todo o caso é notório que já no FMI podemos confiar.

Assim sendo é de prever que a política implementada pela troika em Portugal é o salve-se quem puder.....não há quem tutele estes organismos?

1 comentário:

Observador disse...

Não sei se o responsáveis no FMI tem como base o 'Borda d'Água...

Share Button