domingo, 23 de junho de 2013

18.2 Manuel Buiça e Alfredo Costa

Manuel Buiça e Alfredo Costa foram os dois protagonistas dos tiros que mataram o Rei D.Carlos I e o príncipe Real Dom Luís Filipe naquele dia fatídico. O primeiro fôra um professor primário expulso do exército, enquanto o segundo era um comerciante e editor de obras de escândalo. Importa conhecer um pouco melhor estes dois senhores:

Manuel dos Reis Silva Buiça nasceu a 30 de Dezembro de 1876 em Lisboa, tendo sido ele o regícida que alvejou o Rei e o Príncipe. Apesar de ter frequentado o Exército teve problemas ao ponto de ter sido expulso por mau comportamento. Leccionava aulas de música e francês.  Já antes do regicídio, Buiça tinha participado juntamente com Alfredo Costa no Golpe do Elevador da Biblioteca que se destinava a assaltar o Palácio Real, pretensão que não realizada. 

O regicidío foi planeado com toda o detalhe, já que envolveu uma série de reuniões e encontros no Café Gelo, situado no Rossio e que Buiça costumava frequentar. 

Alfredo Costa foi o outro homem que no dia 1 de Fevereiro de 1908 disparou contra a carruagem do Rei, tendo nascido a 24 de Novembro de 1883. Tal como Buiça fazia parte da Carbonária.Tal como o seu companheiro participou em todas as tentativas de golpe republicana para acabar com a monarquia. 

Tanto Buiça como Costa morreram no dia em que conseguiram assassinar o rei. 

Sem comentários:

Share Button