Etiquetas

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Sócrates não percebe que ninguém o quer

Não vi a entrevista de Sócrates ontem. Não tenho interesse em ouvir a opinião de alguém que deixou o país de pantanas e além do mais mente descaradamente a tudo e a todos. O país não merece ter que ouvir Socrates ao domingo à noite só porque fartou-se do Professor Marcelo. A RTP devia pensar mais na qualidade dos comentadores do que nas audiências, até porque em primeiro lugar está o serviço público e não a guerra pelo melhor share. 
Do que li da entrevista nada de novo. O habitual em José Socrates, no fundo o fadango do costume. O mais triste é o facto do ex PM ainda não ter percebido que o país, para além de o não querer ver mais, incomoda-se com o seu regresso. Pelo que se sabe as audiências de Socrates foram menores do que as de Marcelo Rebelo de Sousa. O professor venceu a primeira batalha, nesta telenovela que os portugueses irão seguir todos os domingos.

Sócrates parece alguém que quer conquistar o outro mas que não percebe os sinais negativos, no entanto continua a insistir. Lembro-me que o mesmo aconteceu a Pedro Santana Lopes quando se recandidatou à liderança do PSD em 2010, após uma derrota histórica nas eleições de 2005. Com esta sua jogada, o ex lider socialista pode estar a hipotecar a sua candidatura a Belém, no entanto a sua presença vai desgastar a imagem de Seguro colocando em causa a continuidade deste como secretário geral do PS até final do ano. Mesmo que ganhe as próximas eleições internas, até porque não parece que o governo irá cair antes de 2015. Pelo menos enquanto for essa a vontade de Cavaco Silva.

2 comentários:

Rui da Bica disse...

Receio muito a "memória curta" de muitos portugueses, a sua pouca capacidade de análise das situações reais e o seu excesso de credibilidade pelo que ouvem, só pelo facto de se "dizer mal" !
Há muita gente que só quer a mudança, sem olhar a consequências ! Mudar só por mudar, porque sentem que as coisas estão mal e "alinham" pelos que o propagam apenas por ódio e interesses políticos de poder !
.

francisoc disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Share Button