terça-feira, 9 de abril de 2013

O meu poder é maior do que o teu ... Calimero, Super Heróis e Avestruzes

A seguir ao Calimero seguiu-se uma versão de birra estilo super-heróis. A seguir a queixarem-se que -coitadinho do Governo - já não nos podia fazer maldades à vontade sem que alguém lhes estragasse a festa e lhes dissesse que não podia ser que (ainda) havia umas pequenas regras a cumprir o nosso ministro das finanças rapidamente se curou.

Despiu a casca de ovo que tem na cabeça (possivelmente enterrada até aos olhos) e resolutamente entrou numa verdadeira luta de super-heróis proclamando: O meu poder é maior do que o teu. Vai daí e suspende todas as novas despesas, mesmo que sejam a compra de papel higiénico. Acho bem. Assim como assim pode ser útil para que ninguém venha esconder a ... que fez. O cheiro pelo menos permanece sempre soberano.

Antecipa-se que um outro órgão de soberania vá fazer o papel de animal selvagem mais precisamente de avestruz enterrando a cabeça na areia.

Nesta novela - Destinos de Animais Cruzados - trama-se como sempre o mexilhão, quanto mais não seja pela poluição que acaba por dar a costa. O fim esse continua a ser feliz para os irracionais que detêm as conchas (vulgo o "carcanhol").

1 comentário:

Fatyly disse...

EXCELENTE e subscrevo!

Um abraço

Share Button