Etiquetas

sexta-feira, 26 de abril de 2013

A pedra com barba

Esta história chega-nos do Senegal.

Uma hiena que andava à caça encontra uma pedra que tinha barba. Exclamou: - Ora esta, é a primeira vez que vejo uma pedra com barba. 

Logo caiu morta.

Passado um momento, a pedra devolveu-a à vida e disse-lhe:

-É sempre assim, com as pedras barbadas. Se alguém diz "É a primeira vez que vejo uma pedra com barba", morre logo. É de lei.

A hiena fez-se desculpar pela sua ignorância, voltou para casa e pensou aproveitar a ocasião para acabar com a sua velha rival, a lebre. 

E disse-lhe, a mentir com quantos dentes tinha:

- Encontrei uma coisa extraordinária. É uma pedra que tem barba. O problema é que ela mata logo seja quem for, a menos que diga: "É a primeira vez que vejo uma pedra com barba". Se não disseres essa frase, morres. Percebeste?

-Percebi- disse a lebre - Vamos lá ver isso. 
Chegaram junto da pedra com barba e a hiena disse à lebre:
- Vá, diz a frase, senão, ai de ti!
-Esqueci-me da frase. Que é que tenho de dizer?
- Vê se te lembras! "É a primeira vez". 
- É a primeira vez- repetiu a lebre. 
-"Que vejo".
- Que vejo
- "Uma pedra". 
- Uma pedra
- "Uma pedra com".
- Uma pedra com
- Agora, acaba!
-Agora acaba.
- Não, acaba a frase!
- Não, acaba a frase - repetiu a lebre. 
- És muito estúpida - berrou a hiena.
- És muito estúpida - gritou a lebre.
- Grande idiota!Cretina!Não consegues lembrar-te de uma frase tão simples? "É a primeira vez que vejo".
- "É a primeira vez que vejo".
- Uma pedra com barba!- Berrou a hiena no auge da sua raiva. 
Caiu logo morta. 
A pedra com barba disse à lebre. 
- Tinha-lhe perdoado da primeira vez, mas duas, é demais.
- Sou da tua opinião - disse a lebre. 
E voltou tranquilamente para casa. 

2 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

que grande lição!

Fatyly disse...

Já conhecia e faz parte do livro de Jean-Claude Carriérre- Tertúlia de Mentirosos - contos filosóficos do mundo inteiro.

Poderia dizer mais...mas não me apetece!

Share Button