sábado, 9 de março de 2013

Perigo Maduro

Nicolas Maduro, o Presidente interino da Venezuela não esperou para tomar posse num cargo que não existe. Chavez foi a enterrar, foram decretados 7 dias de luto, mas Maduro não quis saber da memória do ex-Presidente e muito menos da dor do povo venezuelano. 

É inaceitável esta atitude do supostamente Presidente interino, o que evidencia um príncipio de ditadura na Venezuela, um pouco ao estilo chavista.

Hugo Chavez continua nos corações dos venezuelanos mas um problema maior vai surgir naquele país. Temo que Maduro queira ficar com o poder e aproveitar o lugar vacante para ir implementar reformas de forma a contornar a constituição. Para já conseguiu ser nomear-se a si próprio Presidente Interino, cargo que a Constituição venezuelana não prevê. O Tribunal Constitucional daquele lugar vai ter que se pronunciar e se precisar de um ajuda nossa, não temos problemas em aconselhar os Conselheiros Venezuelanos. 

Penso que a morte de Hugo Chavez vem baralhar as contas todas e vai criar problemas maiores do que aqueles colocadas pelo manutenção quase eterna do antigo Presidente Venezuelano no poder. Na minha opinião, tenho a convicção que o povo venezuelano vai viver tempos complicados.

Sem comentários:

Share Button