Etiquetas

domingo, 24 de março de 2013

olhar a semana - Bruno Carvalho

Bruno Carvalho venceu ontem as eleições no Sporting. O clube de Alvalade fez uma mudança que só o futuro irá revelar se foi a correcta ou não. Os sócios do clube leonino fartaram-se de Presidentes com nome, ligados a famílias abastadas e que vinham do topo de empresas, não sabendo na maior parte das vezes gerir um clube desportivo que tem como principal objectivo a obtenção de resultados e não o lucro. Ninguém conseguiu perceber a importância de atingir bons resultados para depois colher proveitos financeiros. Em futebol é possível reduzir orçamentos e ter uma equipa competitiva. 
A banca foi a grande responsável pela colocação de José Roquette, Dias da Cunha, José Eduardo Bettencourt e Godinho Lopes como Presidentes do clube de Alvalade, com o unico objectivo de reduzir gastos, contudo o que se fez foi exactamente o contrário porque a grandeza do Sporting assim obrigava. 

Bruno Carvalho apareceu há dois anos e quase venceu, ontem a mudança foi feita. Como se viu na celebração da vitória, o actual Presidente veio da bancada, dos sócios. O Sporting dificilmente corre o risco de se tornar um clube popular, até porque não é isso que está nos seus genes culturais, pelo que vai ser curioso observar como reagirão os sócios a este estilo e se será aceite pela maioria dos notáveis que continua pelas bandas de Alvalade. Tal como os partidos também os clubes "pertencem" a certa sociologia. Não acredito que o Sporting mude o ADN em pouco tempo, pelo que esta presidência pode nem chegar ao fim. No futebol o que dita o sucesso são os resultados, contudo em Alvalade ainda há uma certa franja que não gosta do discurso adoptado por Bruno Carvalho após a vitória "o Sporting é nosso". 

Nota-se que os adeptos estavam desejosos de uma mudança, o problema é que o Presidente do Sporting não é o Presidente do Benfica que se mistura com o povo facilmente. Acredito que Bruno de Carvalho consiga devolver os lugares europeus ao clube de Alvalade, contudo se não houver títulos nestes 4 anos, o regresso ao passado pode ser uma realidade nas próximas eleições. No futebol o adepto não tem paciência.....

2 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

A Liga é tão fraquinha, mas tão fraquinha, que chegar a lugares europeus não será difícil. Isto apesar da equipa miserável que joga ali para os lados do Lumiar!

São disse...

Veremos o que se passará.

Espero que corra bem, principalmente porque tudo o que seja melhorar a fraquissima Liga é bom.

Boa semana

Share Button