Etiquetas

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

o país do Artur Baptista da Silva

Portugal é um país com muitas personagens parecidas com Artur Baptista da Silva. O homem que enganou o Expresso, os portugueses e a ONU é apenas uma caricatura do que é o nosso país. 
Em Portugal o chico-espertismo vence o mérito e sobretudo a honestidade. Isto no plano prático porque na teoria não é bem assim.
O estado a que chegou o nosso país também se deve à existência de Artur Baptista da Silva em catadupla. Por isso não é de admirar a falta de valores com que a nossa sociedade vive nos dias de hoje. Para se sobreviver é preciso fazer mais do que trabalhar ou simplesmente ser-se honesto. A realidade é esta e dificilmente há-de mudar. No entanto, pessoas como Artur Baptista da Silva só conseguem enganar uma vez e não mais do que isso. À primeira ninguém descobre e todos são aldrabados, contudo na segunda tentativa é mais complicado usar aquilo que muitos chamam de chico-espertismo. 
Por alguma razão se diz que em Portugal é o paraíso para os alcoviteiros, aldrabões e burlões. É preciso não desistir e lutar contra os Baptistas da Silva da nossa praça, geralmente pessoas sem educação que sobem à custa do patronato para vencer na vida. Uma lambidela nas botas por vezes vale uma centena de euros ao fim do mês. 

Sem comentários:

Share Button