Etiquetas

domingo, 20 de janeiro de 2013

Olhar a Semana

Semana iniciada com Sol e expectativas de fim do mês

Fim do mês, fim de caminhos, inícios logo a seguir mais à frente com cortes ou acertos em reformas e vencimentos que ninguém sabe adicionar, só subtrair.

-

Depois de uma mala Chanel ter sido o centro das atenções pelo país fora, por causa de uma campanha publicitária virada à moda e talvez aos sonhos, caiu o Carmo e a Trindade porque o pessoal é todo fútil e afectado e ninguém se lembrou que sonhar ainda não paga imposto.


Independentemente de ter havido um crescendo de apelos a que a "Pepa" se explicasse e quase desse o dito por não dito, o que ela não fez e muito bem, porque também ninguém pede explicações aos negócios dos mercados económicos como se fossem seres voláteis e sem responsabilidade criminal, lá seguimos em frente que atrás vem gente.


Muito semelhante ao discurso da Filipa foi o do Líder do PS. Quer maioria absoluta como se a Crise alguma vez permitisse maioria do que quer que fosse, a não ser de cortes, e logo ao líder do PS.


Lance Armstrong confessa que se dopou porque queria ganhar a todo o custo. Bem pior que a Pepa que apenas quer ganhar a mala como o dinheiro do seu trabalho


Quase me esquecia do cão que todos querem condenado à morte e que, segundo contam os mais próximos, terá sido o causador da morte de um bébé que deambulava sózinho com 18 meses por uma cozinha às escuras.


Ao lado da venda das armas nos EUA e da assinatura de Obama para que seja controlada essa venda, levanta-se em Portugal, País que aboliu a pena de morte para os animais racionais que cometem homicídio, a discussão da "culpa" do animal e a Lei dos animais, os seus sentires e sentimentos, que quer queiramos quer não, eles têm.


O primeiro debate sobre a reforma do Estado decorreu à porta fechada. Sem jornalistas e não havendo direito a perguntas nem a imagens, e portanto nem a respostas . Tudo secreto como manda o figurino de quem sabe que a situação é séria e não admite sugestões ou discussões disparatadas que, uma vez cá fora, são rastilho de dinamite.
...........................
Não sei se no fim deram entrevistas.


Mário Soares depois de ter dito, como há muito tempo não ouvia, algo de absolutamente certo sobre a responsabilização dos mercados pelos Estados, adoeceu e foi hospitalizado.

Desejamos ao Dr Mário Soares rápida recuperação.


No Mali despoletado conflito com islamitas, aguardamos que não alastre a violência ao resto da Europa. Já chega de tropas que são feitas de homens de carne e osso, sabiam? Pois e  vai haver cooperação militar portuguesa. Penso que em regime de voluntariado.


Estreou 'Zero Dark Dirty' sobre a captura de Bin Laden que promete ser um filme polémico.


Aguardamos agora o primeiro vencimento de um ano que tem um nº mágico, o 13, numa época de crise a necessitar de regulamentação.

Com alerta vermelho desde ontem a passar a amarelo tenham uma

Boa semana.


Adelina Barradas de Oliveira

Sem comentários:

Share Button