Etiquetas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Tema do Dia XXXVIII : A crise no jornalismo

A CRISE NO JORNALISMO: QUAL A SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA?

5 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

Já referimos aqui que o jornalismo está em queda. Principalmente os jornais de papel devido à informação que as edições online nos proporcionam. Se há quatro,cinco anos atrás comprar um jornal era um gosto, nos dias que correm só muito raramente é que dá prazer estar a ler o jornal numa esplanada.

Penso que as edições online tiveram um importante papel para o agravar deste problema, no entanto o boom dos blogues também contribuiu para esta queda. Ao contrário do que acontecia, hoje já ninguém compra um jornal para ler um artigo de opinião. A opinião está toda nos blogues e até os jornais têm a maioria dos seus cronistas com crónicas online. Além do mais, hoje procura-se mais opinião do que informação, e assim a blogosfera tem mais adeptos que os jornais. Até porque a televisão e o surgimento dos canais por cabo ainda continuam a ser os preferidos das pessoas.

Perante esta situação, o que fazer? Mudar o conteúdo? Apostar em noticias mais leves? Reforçar a investigação e a reportagem?

Observador disse...

Reforçar a investigação e a reportagem. Mas nada disso se conseguirá sem liberdade.

Francisco Castelo Branco disse...

Sim.

também se diz que a democracia fica mais pobre com esta crise dos jornais

Observador disse...

Está certo.
A crise dos jornais é intencional.
Assim se abafa uma das vozes que se fazem chegar a mais gente.

O que se prepara para a RTP? La même chose.
Baralhar, confundir, desestabilizar.

E as rádios? Salvo uma dúzia de honrosas excepções, o que agora temos são 'juke box' gigantes.
Onde está a comunicação?

Francisco Castelo Branco disse...

As rádios também estão a ter uma morte lenta, salvo algumas excepções, mas hoje em dia ninguém quer ser jornalista de rádio.

Share Button