Etiquetas

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Sai a Merkel entra a troika! Estamos lixados!

Portugal definitivamente está no centro das atenções. Pelas piores razões é certo, no entanto o mediatismo que corre à volta de Portugal desde que pediu o resgate é enorme.
Hoje recebemos Merkel e a troika que começa hoje a sua sexta avaliação ao programa de entendimento. Melhor dizendo, os técnicos da troika é que fazem a avaliação técnica mas é a Chanceler alemã que dá o mote para que os funcionários do FMI possam começar a fazer o seu trabalho.
E felizmente para nós que Angela Merkel sai de Portugal satisfeita. O resultado é bom, Portugal está a honrar os compromissos, pelo que a sexta avaliação não decorrerá com problemas. 
Ora, os técnicos da troika já entram no nosso país condicionados pela visita relâmpago da Frau Europa. Esse facto é de louvar quando os resultados positivos, no entanto se as considerações merkelianas fossem más, então não valia a pena entrar em campo porque o árbitro já estava comprado.
Quero ver se as perspectivas de Merkel se vão cumprir, nomeadamente no próximo ano quando se conhecerem os primeiros resultados. Agora não deixa de ser positivo a vontade das empresas alemãs virem a Portugal com vontade de investir, algo que não acontece na Grécia onde o discruso da chanceler foi bem mais diferente.  A Grécia já parece não ter solução, enquanto que Portugal vai num caminho diferente. Com muito sacrifício é verdade, mas com enorme vontade de triunfar. 
As visitas e as avaliações têm corrido muito bem e isso só mostra que somos um povo que sabe receber, no entanto será que este caminho nos levará a algum lado quando os números saírem cá para fora? 
A questão relevante e que é de analisar é porque é que está tudo a correr tão bem, segundo as palavras de todos mas estamos cada vez mais pobres.

2 comentários:

expressodalinha disse...

Fez-me um bocado de impressão a quase total ausência de manifestantes. Assim a chancelerina não vai entender. Um sol magnífico, um horizonte a perder de vista, S. Julião da Barra, cabrito assado... Ela não vai entender que estamos em crise.

Francisco Castelo Branco disse...

Sim, faltou um pouco de expressão popular.

Share Button