Etiquetas

sábado, 24 de novembro de 2012

Bandeira do México

A bandeira do México é um tricolor vertical com o brasão de armas nacional colocado no centro.

O verde, o branco e o encarnado foram sempre as adoptadas, no entanto o seu significado foi mudando ao longo do tempo. 

Esta bandeira foi adoptada em 1968, tendo sofrido quatro modificações no seu brasão de armas.

Antes de irmos ao Brasão de armas, vamos ao significado das cores.

Estas cores foram adoptadas no estandarte do Éxercito das Três Garantias de Agustin de Iturbide, sendo que o verde significava independência da Espanha, o branco a religião e o encarnado a união entre europeus e americanos. Já antes, vários estandartes utilizados estão ligados à bandeira mexicana, no entanto é com Iturbide que o verde aparece pela primeira vez, substituindo o azul. Em 1821 o Governo Imperial decretou para sempre as cores verde, branco e encarnado como as cores oficiais da bandeira mexicana. 

Como se disse, o significado das cores foram sendo alterados durante as várias modificações. A secularização do país liderada por Benito Juarez levou a que o significado das cores se mantivesse até aos dias de hoje.  Assim sendo, o verde representa a esperança, o branco a unidade e o encarnado o sangue dos herois nacionais. No entanto, há quem considere que o encarnado significa a religião, muito importante no país mexicano.


Falemos agora do brasão de armas, que foi alterado ao longo dos anos.

Na primeira bandeira nacional, a águia apresenta-se com uma coroa representando o império. No entanto, na segunda bandeira relativo ao período 1823-1864, a águia não está coroada e a serpente encontra-se entre as garras da pata direita. Foi feito uma adição de um ramo de carvalho e outro de loureiro. Na terceira nova alteração, desta vez com quatro águias douradas colocadas nos quatro cantos.  Na ultima versão adoptada em 1968, a águia aparece de perfil e não de frente. 
Na actual bandeira, a águia aparece segurando uma serpente. A águia está pousada num cacto que se encontra numa rocha e se ergue no meio de um lago. Por fim, as ramas de frutos que estão no brasão na parte inferior, está rodeado de uma azinheira e de um louro. Elas representam o Martírio e a Vitória daqueles que deram a vida pela pátria mexicana. 


2 comentários:

Observador disse...

Sempre a aprender.

Francisco Castelo Branco disse...

é curioso a história do brasão de armas

Share Button