Etiquetas

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

A Grande Viagem dos Salmões - A chegada LI

(...)

Salmokoko comandava o segundo grupo de Salmões que iria tentar salvar Salmonão à Gruta da Foca. Contrariado por ter sido destituído do comando, Caglão deu meia volta e foi-se embora, abandonando o grupo em que estava inserido. Esta sua atitude iria revelar-se fatal já que no regresso, e sem estar protegido, Caglão serviu para alimento de uma baleia pequena tenaz.

A descoberta de Salmokoko iria trazer frutos ao grupo número 2. Ao passarem pela gruta, os salmões foram com uma enorme escuridão. Não se via um palmo à frente e o sentimento de ansiedade era uma constante. 

Ao fundo via-se uma luz que acendia e apagava-se num ápice, parecendo indicar um caminho, no entanto toda a zona estava estava coberta, pelo que era possível que eles tivessem chegado a um beco sem saída. Pensaram eles que poderiam seguir caminho, só que o problema é que não havia sinais de poder haver uma escapatória. 

Salmokoko sentiu perigo no ar, mas ao mesmo tempo revelou um segredo.

- Meus amigos, acho que chegámos ao nosso destino.

(continua dia 10)

Sem comentários:

Share Button