Etiquetas

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Com o Gaspar é sempre a aumentar

Mais um anuncio de medidas de austeridade e novamente um aumento dos impostos. Não se pode dizer que já não estejamos habituados, no entanto a fórmula é sempre a mesma. Esta conversa há muito que andamos a ouvir, mas não se percebe qual a razão de não ser anunciada uma unica medida relacionada com crescimento da economia. Tudo o que nos chega aos ouvidos tem a ver com subida dos impostos, corte aqui e redução acolá. 
Esperava-se mais de Alvaro Santos Pereira mas é Vitor Gaspar que dá a cara por estas medidas. Não se percebe como é que se vai crescer com a redução do poder de compra. É verdade que a recessão no próximo ano fica nos 1% mas o desemprego vai aumentar e muito. 
Falta a este governo capaz de estimular o tecido empresarial, no entanto a desmotivação é maior quando só se houve falar em cortes nos salários. Se não conseguimos comprar os bens essenciais como é possível tirar do bolso dinheiro para investir?

Esta foi a forma encontrada pelo governo para substituir a TSU. Contudo desta vez todos vamos contribuir, até os fumadores.......

Sem comentários:

Share Button