Etiquetas

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Causas & Coisas - A irritabilidade de estar numa fila

Muitas vezes quando estamos numa fila longa sentimos o nervoso miudinho. Estar numa fila é bastante irritante e quem não aguente deve imediato pedir ajuda psicológica. Em baixo apresentamos quatro situações que podem perturbar seriamente o funcionamento do sistema nervoso.


O caso dos supermercados é o mais irritante de todos, especialmente quando em quatro caixas apenas duas estão a funcionar. Isso acontece muito nos supermercados nacionais. A vontade de começar a empurrar tudo e todos é enorme, no entanto como não somos os únicos, se isso sucedesse o supermercado era capaz de se transformar numa autêntica batalha campal. Infelizmente o truque de começar a bufar não funciona.......

O pior sítio para se estar numa fila é na estrada. As filas de trânsito são as mais irritantes de todas. À semelhança do que acontece nos supermercados também temos o querer passar por cima de todos os carros à nossa frente. Uma vez derrubado tudo, temos o prazer de olhar para trás e reparar na quantidade de palermas que ficaram para trás. Enquanto nós vamos à nossa vida, os outros continuam enfiados na fila. Melhor do que isso é a pergunta que nós fazemos: porque razão os da frente não andam? Estar horas enfiado numa fila é um bom remédio para a depressão e a irritabilidade, ou talvez não. Há quem parta vidros, estrague mudanças ou descarregue a fúria no co-piloto.....No entanto tenho a certeza que muitos gostam de ficar presos no trânsito para faltar ao trabalho. 

Não há fila maior do que a do santini, especialmente em dias de verão. Uma pessoa vai alegremente com a vontade de comer um gelado, no entanto a necessidade esbarra numa fila que só pára no principio da Rua do Carmo. Quantos gelados é que não foram comprados por causa deste impedimento?

Apesar dos três exemplos acima referidos serem motivo para recorrer a um psicólogo, o pior mesmo é estar na fila do multibanco, nomeadamente quando há pessoas que se metem na fila e não vão fazer qualquer operação no ATM. É que só pelo facto de haver uma fila de 6,7 pessoas, é motivo suficiente para ir procurar outro multibanco. Estar horas à espera e saber que afinal o tipo da frente está ali por nada é bastante frustrante. Ao contrário do que acontece numa fila de supermercado, a técnica do bufar resulta, especialmente naquelas pessoas que vão fazer mil operações ao mesmo tempo. Olhe, por acaso não sabe utilizar a net?- é o que apetece perguntar...
Ainda para mais, após horas na fila, a depressão aumenta quando não se pode levantar dinheiro. Afinal deveria ter ido a outro multibanco, pensa-se. 


Sem comentários:

Share Button