sábado, 27 de outubro de 2012

A Grande Viagem dos Salmões - Mais um rapto XLIx






Ao ter reunido o seu grupo para preparar a partida, Salmonisco reparou que faltava um elemento. Ao todo eram 23 salmões que ainda faziam parte do grupo, no entanto havia alguém desaparecido.


- Falta Salmonana, alguém sabe onde ela está? – perguntou o líder.

Todos ficaram espantados a olhar uns para os outros à procura de Salmonana, contudo ninguém reparou nela.

- Ela esteve sempre connosco – respondeu minutos depois, Salmojájá.

- Pelos vistos alguém perdeu o olho nela – concluiu um zangado Salmonisco.


A situação era preocupante. Se Salmonana não tinha servido de apetite para os Ursos e tinha estado no grupo que visitou os Makuzi, era sinal que o seu rapto deu-se naquele local.


- Isto só pode ser uma brincadeira de Matusi.  Ou então estamos perante algo muito mais grave – atirou Salmonisco.


- O que fazer? Salmonão está há muito tempo à nossa espera, não podemos continuar eternamente a ficar parados no mesmo sítio. Corremos o risco de chegar atrasados ao salvamento do nosso amigo. – afirmou Salmojájá.


- Salmojájá tem razão Salmonisco. Não podemos ficar eternamente presos num sítio, senão ainda chegamos tarde demais. Temos de seguir em frente com os que estão. – replicou Salmokazkui.


- Vocês têm razão, quanto mais tarde chegarmos maior é a probabilidade de perdermos o nosso amigo. Sugiro então que sigam em frente, enquanto eu trato deste problema pessoalmente. Visto que fui eu quem vos trouxe até aqui, não é justo que paguem com a vossa vida, pelo que serei eu enfrentarei sozinho Matusi e trarei Salmonana sã e salva. Salmojájá, confiarei em ti a escolha do caminho em direcção à Gruta da Foca Ressabiada. – concluiu Salmonisco


- Certo. Não te desiludirei chefe – respondeu Salmojájá.


O restante grupo seguiu caminho, enquanto Salmonisco voltou para trás. Não sabia ele que tinha uma surpresa à espera……..





Sem comentários:

Share Button