domingo, 14 de outubro de 2012

5 anos - Um testemunho


O nosso amigo Francisco lançou-me este enorme desafio. Ora, perante desafios gosto pouco de ir para casa pensar no que podia ter sido. Não sei se é certo ou não, mas a postura sempre foi “mais vale tentar”, pois como diz o ditado “quem não arrisca, não petisca”. E que belo petisco este: Olhar Direito.


5 anos de vida na blogosfera. Conheci o Francisco noutras paragens. Mais jovens andámos os 2 pela Universidade de Verão e mais tarde também nos encontrámos pela blogosfera, no Psicolaranja e agora no Forte Apache.


O Francisco lançou-se nesta aventura de Olhar Direito! Hoje os blogues proliferam como cogumelos. A facilidade de abrir um espaço está à distância de um clique. A doutrina diverge nos que pensam ser salutar e ser o futuro, com o fim de outros meios como comunicação social, os jornais, mas também existe a corrente que pensa que o que é de mais também não serve.


Parece-me evidente que existe um meio termo nestas duas correntes. Hoje fazer opinião é fácil. Aliás, o fenómeno Facebook veio aumentar exponencialmente a opinião do próximo. Já não ficamos sentados em casa à espera de ouvir os senhores bem falantes que vão às televisões. Agora, o acesso a opinião é generalizado e para todos os gostos. Existe, porém alguns obstáculos a esta teoria de mais é melhor. No meio da opinião, o que realmente conta é a... qualidade. E por isso, não podia deixar de referir que o Olhar Direito tem sido um espaço de enorme reflexão. Mas eu destacaria outra... qualidade: Liberdade!


Nos tempos de hoje, em que as clivagens são muitas e as dependências enormes, é quase ousado ser livre. E se me perguntassem o que seria para mim Olhar Direito, penso que a resposta está na liberdade, no olhar o mundo com todos os preconceitos e experiências que moldaram o nosso pensamento e na partilha desse mesmo olhar. Não há verdades absolutas, mas há sempre espaço para dizer ao mundo, a quem quiser ouvir o que pensamos. Mas se do alto dos meus poucos anos por este mundo me permitem um conselho: oiçam! Mas oiçam mesmo. Experimentem ouvir, aprender e sobretudo diferentes visões. Experimentem juntar as diferentes visões e chegarem ao vosso Olhar Direito. Vale a pena.


Fui acompanhando o Olhar Direito, na medida que o tempo me permitiu. Concordei e discordei. Ainda recentemente discordei e muito, há certos temas que não resisto a comentar e discordar, mas sempre gostei da capacidade de resistência e apego do Francisco a este espaço. Escrever e manter um blogue activo, ainda para mais durante 5 anos, não é tarefa fácil. A história nestes cinco anos também foi rica em factos e mudanças. Ao nível político cá e o no mundo. Sócrates e Obama foram personagens faladas e comentadas. O País entrou em crise, se é que alguma vez viveu sem ela. A nível social, as mudanças também foram acontecendo e o debate no Olhar Direito foi sendo conseguido.


É um blogue político. E esta característica, não é uma crítica. Todos somos políticos. O que varia é a intensidade com que nos dedicamos e envolvemos. Quem vai às urnas ou fica em casa, quem ouve debates políticos ou vai a comícios e encontros partidários, quem promove abaixo-assinados ou petições, quem se inscreve num Partido ou se candidata a órgãos políticos. Tudo é política. Tudo é essencial, pois só o alheamento pode matar uma sociedade. E esse sim é o risco que corremos.


Ora, podemos criticar os Partidos e os Políticos, mas a blogosfera é hoje mais um veículo político. Um veículo que ajuda a encontrar mais olhares para os diferentes problemas, que ajuda a fiscalizar os agentes eleitos.


Se o caminho é por aqui? Fecharmo-nos em casa em frente aos computadores? Não, mas também é por aqui. A Olhar de Frente o Mundo e a dizer o que vai na nossa alma.


Por isso não posso deixar de dar os Parabéns ao Olhar Direito. Que mantenha esse olhar crítico e provocador. Faz falta sempre quem provocar as águas. Venham de lá mais 5 anos.

Diogo Agostinho
Um leitor atento

1 comentário:

Eduarda Carmo disse...

Francisco, que grande testemunho que recebeu aqui deste seu leitor atento.

Parabéns.

Share Button