Etiquetas

domingo, 2 de setembro de 2012

Governo promete o que falhará

Os discursos do Primeiro Ministro e do lider da Oposição não foram muito diferentes daquilo que aqui previmos. Não haveria grandes novidades até porque a toada de Passos Coelho e de Antonio José Seguro tem sido o mesmo de sempre. O primeiro a prometer sucesso e o outro a dizer que o governo falhou. 
Foi isso mesmo que sucedeu.
A crença de Passos Coelho é inabalável e esperamos todos que ele esteja correcto, contudo os números contrariam todo e qualquer tipo de discurso optimista por parte do Primeiro-Ministro. É verdade que o défice não será o planeado mas lentamente está a ser diminuido. E isto à conta de uma das grandes promessas do governo: a redução da despesa. No fundo, o governo só falhou as suas previsões em relação à receita. Subir o IVA foi o grande erro deste executivo. 

António José Seguro faz o seu papel de líder de oposição. Ataca o governo por causa dos resultados, mas quem tem de ser responsabilizada é a troika. Não vai votar a favor do OE 2013 se houver mais medidas de austeridade. Com isso pode a maioria e o resto do país, mas os socialistas não. Veremos se o líder do PS vai ceder a mais pressões vindas do próprio Partido quando for a votação. António Costa está à espreita....

Apesar dos discursos, em relação ao futuro negro ou colorido nem uma pista....

Sem comentários:

Share Button