Etiquetas

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

"fui escolhido para decidir pela minha cabeça"

O Primeiro Ministro está só, completamente só. O país está contra ele, a oposição fala em demissão e eleições antecipadas.
Os Sindicatos já se preparam para ir para a rua e uma nova greve geral está em marcha. Nem os patrões que deviam estar contentes com a descida TSU, estão contra a subida dos impostos.  Os barões do PSD, Leite e Capucho já se mostraram contra este tipo de políticas e ainda por cima apelando ao chumbo do OE pela própria bancada laranja. O pior é que nem o próprio parceiro de coligação parece acreditar no projecto para Portugal. 
Passos Coelho está completamente  sozinho ao fim de um ano e meio de Governo. Com os preços a subir em tudo o que é bem essencial para o mínimo de sobrevivência, as palavras de esperança começam a cair em saco roto. Perante os dados em jogo, o Primeiro Ministro segue pela sua própria cabeça. Pela sua ou pela da troika não sabemos.
Este homem está sozinho, tem o país todo contra e os aliados estão quase a desaparecer. 
Para onde levará o país com a sua autenticidade e sentido de Estado ninguém sabe....... 

Sem comentários:

Share Button