segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Á espera do veredito troikiano

A quinta avaliação da troika que decorre desde a semana passada vai ser decisiva para o OE 2013. Com os discursos de ontem, ficámos a saber quais os caminhos traçados pelo PS e pelo Governo. Naturalmente que nas palavras nota-se uma diferença, mas no papel ninguém tem a solução mágica. Pelos discursos parece que nenhum dos dois tem uma alternativa áquilo que nos é imposto pelo Memorando de Entendimento. Contudo, da parte do governo existe uma política ideológica bem vincada em certas matérias como são o caso das privatizações.


Da parte do PS e de Seguro é apenas esperar pelo momento certo para atacar. E esses momentos são os números que vão chegando. Contudo, isso não é suficiente para fazer uma política de oposição credível. Estar à espera da desgraça para bater é pouco para quem quer ter sucesso numa futura eleição. Assim só resta esperar que a troika diga que é necessário mais medidas de austeridade.

É verdade que o défice não está no previsto mas se calhar existiu por parte das instituições internacionais um excesso de rigor. Mas lá que os números estão a baixar lá isso é verdade...

Sem comentários:

Share Button